terça-feira, 30 de novembro de 2010

Resgate de gatinha em árvore na Praça 7 - BH





Ontém ás 18:30, já na entrada do cinema no Del Rey, toca o celular. "Franklin tem um gatinho em uma árvore aqui na Praça Sete, segundo as pessoas de perto já está há dois dias sem conseguir sair. O Bombeiro veio fez um tentativa do Prédio da Uai e foi embora. Por favor ajude!"
Cinema cancelado, ligo para o meu amigo Anderson, especialista em escalada (já estou velho para subir me árvores, a última vez foi em janeiro resgatando um gato na Major Lopes). Topou na hora! Pediu para a Angélica, sua esposa (também escaladora) me buscar, enquanto ele foi pegar meu pulsar na Kombi do Baiano. Nos encontramos na Praça 7, e lá estava o gatinho a cerca de quinze metros de altura. Anderson escalou enquanto Angélica dava suporte em terra passando o equipamento. Eu tomava conta das bolsas. Transeuntes nos cercavam para ver o resgate. Não foi difícil a aproximação, pois a gatinha estava faminta e logo foi ao encontro do Anderson, atrás da comida que ele levava. Colocou-a no pulsar (rede) e a desceu em segurança. Mais um, levado para a Clínica de Urgência (a mais perto). No exame clínico verificou-se que ela estava apenas um pouco desidratada. Meus profundos agradecimentos mais uma vez ao Anderson e também a Angélica. Em homenagem aos nossos hérois a gatinha ganhou o nome de Angélica Anderson. Já foi medicada e precisa somente de um lar com carinho para o resto da vida. Se alguém puder ajudar seja adotando ou mesmo no custeio da internação, por favor manifeste-se que a nossa conta está alta. Tenho mais três cães internados lá..
Neste mês já não posso me envolver em nada. Rsss...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ajudem por favor. Cadelinha vivendo há dois meses na Praça 15



Esta linda cadelinha esta vivendo por cerca de dois meses na Praça Quinze, aqui em BH. Esta sendo alimentada pela comunidade. Infelizmente ninguém conseguiu um albergue provisório que seja para abrigá-la. Vem aí as chuvas e a pobrezinha fica abrigada na caixinha que colocaram para ela na porta da farmácia com uma placa protegendo da chuva.
Já agendei a esterilização dela para este final de semana...

Alguém pode ajudar???

Como todos sabem, proteger os animais tem custo e os casos são muitos. Preciso da ajuda dos amigos para liquidar contas na Clínica Veterinária de Urgência, Cães e Amigos e Clivet. Já somam mais de três mil Reais. Eram cerca de cinco mil até o mês passado. Somente na Clínica de Urgência para onde temos levado a maioria dos animais resgatados no Arrudas, principalmente pela proximidade e acesso, além do profissionalismo da equipe do dr. Marcelo Lobão. Os últimos resgatados do Arrudas foram internados lá: Carmela do Arrudas, Daniela do Arrudas, Pintadinha do Arrudas, Rasta do Arrudas, além da Pirinéia, Pardinha, Pretinho e outros que foram resgatados nas adjacências do centro...
A Pintadinha está de alta e pode ir para casa. Preciso urgente de alguém que a albergue, assim como o Rasta que também está liberado.
Estou com outros animais internados em outras clínicas.
Quem quiser ajudar, por favor deposite a contribuição na CEF.
Agência: 2333
Operação: 001
Conta Corrente: 45001-9
Tenho conta também no Itaú e Banco do Brasil
P.S: Quem quiser visitá-los, por favor contate-me para agendar-mos nas clínicas...

sábado, 27 de novembro de 2010












Quinta-feira me encontrei com o Anderson (amigo da Elisangêla) e seus dois amigos, Luiz Fernando e Renato Deberry, para tentar resgatar a cadelinha que vive no Arrudas a cerca de três meses. Nos encontramos na "Água de coco do Baiano" e fomos localiza-la. A princípio nos disseram que "ela" se escondia em um tubulão de ar onde quando chovia, a água não entrava. Descemos lá e entramos no tubulão, porém, não a encontramos. A dona Ana que já estava alimentando ela todo estes meses, nos viu e disse onde ela estava. Saímos do leito do rio e descemos na outra margem para localizá-la. Anderson e Luiz Fernando foram na frente até o Hospital Militar, e eu desci em frente à Câmara Municipal e segui mais à frente dentro do canal. Acabei passando por ela, na verdade ele. Foi o Renato que estava no apoio em terra que me atentou para o fato. O coitadinho estava muito debilitado e quietinho, só rosnou quando cheguei perto. O lacei, e o içamos para a superfície. Internamos na Clínica Veterinária de Urgência, onde ele recebeu medicação e poli-vitamínicos e seria colocado no soro. Quero agradecer de coração ao Anderson e ao Luiz que estavam de folga da Polícia Ambiental e voluntariamente foi ajudar, assim como seu amigo Renato Deberry. Sem a ajuda destes não conseguiríamos salvar mais esta vida. Valeu Pessoal!!!
Preciso agora de um padrinho para custear a internação deste pequeno...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Texto da amiga Sueli para o concurso "Mineiros de Ouro"

Nossa amiga Sueli, engenheira, participante do curso de extenção da secretaria de Meio Ambiente "BH Itinerante", escreveu este lindo texto para o concurso "Mineiros de Ouro" do portal DZAÍ. Valeu Sueli!!! Obrigado pela indicação e pelo carinho.
Por favor acessem e deixem comentários
http://www.dzai.com.br/leli/noticia/montanoticia?tv_ntc_id=39974

Notícias
Minas

Mineiros de Ouro – "Franklin com um quê de Francisco"
Determinar as parcelas de tempo e dinheiro que irá distribuir entre as suas necessidades e as dos seus animais não é tarefa fácil para Franklin Oliveira, que não pensa duas vezes quando o assunto é salvar algum animal em perigo. Há 10 anos como servidor público em Belo Horizonte, sendo dois deles na secretaria de meio ambiente, Franklin desenvolve trabalhos na área de educação ambiental. As suas atividades junto aos animais já completaram a marca de 30 anos.
Foi assim que, durante uma visita orientada no bairro Granja de Freitas, o monitor do curso de extensão da prefeitura não teve dúvida ao ver um casal de jumentinhos em condições precárias e abandonou seu posto por alguns instantes para reverter o futuro cruel dos pobrezinhos. Foi até o proprietário e resgatou os dois por R$650,00, dinheiro que já estava comprometido com a compra de ração e remédio para os outros 60 bichos que tem em casa. Agora, José e Maria, assim batizados por ele, estão temporariamente em um “hotel”, o que lhe gera mais despesas, enquanto aguardam algum fazendeiro para adotá-los e levá-los para um lugar maior.
Esta é apenas uma história das muitas na bagagem do nosso herói, acostumado a encontrar na porta de casa um gatinho, ou um punhado deles, uma cadelinha ou até mesmo um passarinho, deixados por pessoas que sabem que dali a ajuda virá com certeza.
Uma das atividades triviais para Franklin é o resgate de cães no Ribeirão Arrudas. Para isso conta com a eventual ajuda dos Bombeiros e voluntários. Mas não se intimida quando a ajuda não aparece: coloca suas botas emborrachadas, desce ao leito do ribeirão e vai sozinho à busca do animal. Diz que é uma das suas tarefas mais difíceis porque os animais, cansados e assustados, têm medo e fogem dos seus salvadores. Após os resgates outra batalha se trava, pois cuidar dessa “gente” toda não é fácil. Muita barriga para alimentar, muita sujeira para limpar, muito remédio para ministrar e, quando sobra um tempinho, banho na moçada!

A colaboração de veterinários e defensores é imprescindível. Depois de tratados, limpos, vermifugados e castrados, os animais são preparados para serem doados na “Feira do Melhor Amigo” que Franklin mesmo promove e que acontece em diferentes bairros de Belo Horizonte.
Um detalhe importante é que todos têm nomes escolhidos por Franklin que, orgulhoso, mostra as fotos e narra as aventuras que cada um viveu até estar em porto seguro. Infelizmente, alguns não resistem aos maus tratos. Mas são poucos.
E assim, Franklin vai colecionando histórias e amigos, ajudando a gente a refletir que ainda há gente assim, com um jeitinho de São Francisco. Felizes das pessoas e dos animais que cruzam o caminho deste mineiro de ouro! As pessoas podem conferir seu trabalho e conhecer (e adotar) os animais através de seu blog: www.franklineumassim.blogspot.com ou falar diretamente através do (31) 9676-0099. A ajuda é sempre bem-vinda!

sábado, 20 de novembro de 2010

Adote um cão ou um gato. Se não puder adotar, apadrinhe um deles...

http://globominas.globo.com/GloboMinas/Noticias/MGTV/0,,MUL1537979-9033,00-SAIBA+COMO+ADOTAR+UM+ANIMAL+E+SEJA+UM+BOM+EXEMPLO+COMO+FRANKLIN+OLIVEIRA.html





GLOBO MINAS - MG TV - 20.03.2010

Saiba como adotar um animal e seja um bom exemplo, como Franklin Oliveira

Já pensou em dividir a casa com 58 cachorros e 26 gatos? É muito amor, não é? Mas não foi só o afeto pelos bichos que motivou um morador da capital a dar um bom exemplo.
A satisfação de poder salvar a vida deles transformou um funcionário público em voluntário, na defesa dos animais.
A recepção é uma bagunça, mas no bom sentido. Se o latido quer dizer sejam bem-vindos, aceitamos o convite para entrar, conhecer os bichinhos de estimação de Franklin Oliveira. Difícil botar ordem nesse canil, com 58 cachorros.
É hora do café da manhã e a cachorrada tem fome, daí tanto barulho. O dono serve vasilhas e mais vasilhas de ração. Por mês, meia tonelada.
Eles recebem remédios e vacinas. Um gasto que chega a R$ 1,5 mil por mês. Franklin se dedica a essa causa há 30 anos e até hoje cuidou de quase cinco mil animais. Os felinos também podem se hospedar na casa. Os filhotes órfãos recebem leite na boca e muito carinho.
O destino dessa bicharada depende da solidariedade de outras pessoas. Franklin promove feiras para expor os cachorros e gatos. Todos estão à espera de um dono, de alguém de queira fazer uma boa ação.
Franklin mantém essa iniciativa com a ajuda de parceiros. E se você quiser adotar algum desses cães e gatos mostrados, mande um e-mail para defensoresdosanimais@yahoo.com.br ou ligue para 9676-0099.

PRECISO URGENTE DE RAÇÃO PARA CÃES E GATOS. ALGUÉM PODE AJUDAR???

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Por favor, preciso de ajuda urgente para resgatar esta cachorra que esta no Arrudas há cerca de três meses. Ela está sobrevivendo graças aos seus instintos e aos alimentos que moradores das proximidades da Mende de Sá tem jogado para ela. Quando começa a chover ela corre para um dos tubulhões de ar do canal onde não corre esgoto ou água pluvial, e se esconde na parte mais alta onde com a pressão do ar a água não entra. A outra cadela que a acompanhava, a Carmela, á resgatei e esta disponível para adoção na Clínica Veterinária de Urgência. Porém, a branca e marrom aí do filme é muito esperta e assim que entro no canal (Arrudas) ela sai em disparada. Já tentei cinco vezes correr atrás, porém ela é muito mais ágil e até nada para a outra margem. Preciso da ajuda de três ou quatro jovens para cercá-la e assim capturá-la. Por favor me ajudem!!!
Não vamos deixa-la definhar lá dentro.
video

quarta-feira, 17 de novembro de 2010
















Este aqui foi o resgate da Cor de Mel. Foi adotada e agora ela integra uma bela família em Lagoa Santa...

video

terça-feira, 16 de novembro de 2010




Na ordem, Kiki, Jade e Grisa. Adoram brincar. Precisamos de um lar com muito espaço para esta galerinha.

Elas merecem!




Esta da foto é a Tiazinha a "mascarada", rsss. Vivia no Cemitério da Saudade e Rosa e eu a resgatamos na mesma semana que resgatamos a irmã dela com cinco filhotinhos em um túmulo no Cemitério da Saudade. Os bêbês e a Mãezinha foram muito bem adotados. Agora a Tiazinha é quem precisa de uma família que lhe dê carinho e atenção. Tem aproximadamente dez meses e já foi castrada e vacinada.

Esta cadelinha está na casa do visinho da Rosa. Tem cerca de seis meses e é muito dócil. Ele quer se desfazer da pobrezinha e ficar só com a mãezinha dela e outra cachorrinha...






Estas fotos são do resgate da Pintadinha no Arrudas no dia 12 de outubro quando também resgatei a Carmela. No exame clínico foi detectado uma fratura na cabeça do fêmur certamente em circunstância da queda que sofreu. Teve que passar por uma ciururgia para colocação de pino de fixação. Precisamos agora de um albergue para ela. Ela deverá passar por avaliações da recuperação do local fraturado com o dr. Marcelo Lobão. Peço a quem ao menos puder albergá-la que por favor contate-me com urgência pois a conta esta aumentando mesmo com os descontos oferecidos.

Este cãozinho tem cerca de quatro meses e foi resgatado de um atropelamento no Taquaril. Foi internado na Bichos Gerais e agora aguarda um adotante que lhe dê muito carinho e atenção. Está albergado na casa da Rosa, que foi quem o socorreu.

Se alguém tiver interesse em adotá-lo, por favor façam contato.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Turma no banho de sol. A luta por um lugar "ao sol".


A turma do corredor no banho de sol.

Esta é a Sulamita, Sula para os íntimos. Tem cerca de dois anos e é muito bricalhona. Castrada, vacinada e vermifugada. Exame negativo para Leshimaniose. Solta um lar para a Sula!


Este é o Lord Bira. Foi resgatado no Conjunto Ubirajara com as costas em carne viva. Haviam jogado água quente no pequeno. Tem um ano de idade aproximado e é muito dócil e brincalhão.
Uma família para o Lord Bira. Bira is the Lord!!!

Jussara Pitoca

Esta é a Jussara. Foi abandonada no passeio de minha casa com dois filhotes. Uma foi adotada na Feira do Melhor Amigo e o machinho foi sequestrado. Embora seja mestiça de pit bull, a Jussara é uma manteiga de tão meiga.
Um lar para Jussara por favor!!!

Bingo (Gasolina) da Baiana


Pingo da Baiana

Ele é Pingo da Baiana. Tem aproximadamente 1 ano e meio. é muito dócil e amigo. Adora brincar.
Um lar para o Pingo por favor...



Alguns de vcs já conhecem a história da Baiana (Maria Auxiladora). Ao contrário do que o apelido diz, Baiana nasceu em Serjipe. Por motivos familiares, Baiana abandonou a casa e foi embora pelo mundo passando por São Paulo e outras cidades até chegar em BH. Aqui ela encontrou na rua os melhores amigos que um ser humano pode ter, os cães. Baiana tinha seis deles e vagava pelas redondezas do Bairro Santa Efigênia empurrando um carrinho de compras com suas "coisas", sendo acompanhada pelos "fiéis escudeiros". No dia 21 de fevereiro, Baiana foi internada. A confusão foi grande pois ela passopu mal e chamaram o SAMU. Quando ambulância chegou os "filhos"caninos da Baiana queriam acompanhá-la. Entraram na ambulância e causaram tumulto Fui para lá buscá-los e assim foram para minha casa. Baiana segiu na ambulância com lágrimas escorrendo pelo rosto. Quando fui visitar a Bainan lá na UPA do bairro Esplanada, ela só queria saber notícias dos meninos. Disse que estavam bem, mas ainda se acostumando com meus outros cães. Falei para ela que eu estava juntamente com alguns amigos procurando um barracão para alugar para ela morar com seus cães. Ela ficou muito feliz. Deixei lá com ela e o pessoal da upa meus contatos para que assim que el tivesse alta me ligasse que a buscaria. Uma colega iria disponibilizar uma casinha geminada para ela ficar até que encontrássemos um imóvel para ela ficar com os cães. Uma semana depois quando fui visitá-la na UPA soube que ela havia piorado e fora transferiada para Serjipe sua cidade natal perto de sua família e que dias depois faleceu.
A cadela que estava prenhe ficou na casa da Isabel Serpa, pois já estva nos dias de parir. Teve seis filhotes e todos eles foram adotados na Feira do Melhor Amigo. A Mãezinha acabou adotada pela Isabel. Os outros cães estão lá em casa com excessão da Pretinha que infelizmente devido a Leshimaniose avançada foi sacrificada na clínica veterinária. Preciso de um lar para os outros que estão comigo. Por favor ajude-me a encontra um lar amoroso para eles.



Esta é a Carmela sendo resgatada no Arrudas. Está na Clínica Veterinária de Urgência na Floresta-BH. Preciso doá-la urgentemente pois a conta vai ficando alta e o animal fica estressado por estar em um canil. Ela é dócil e brincalhona. Foi vacinada, vermifugada e o exame de Leshmaniose é negativo. Pela dentição está com cerca de um ano. É dócil e amiga. Vamos conseguir uma família carinhosa para ela.



Esta é a Amelinha. Foi abandonada de frente à minha porta no final de semana. Tem cerca de dois meses, já a vacinei e vermifuguei. Pela estrutrura óssea, ficará no porte de poodle. É levada e bricalhona. Agora precisa de uma família que lhe dê atenção e carinho.

Postagens populares